Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Último dia do ano

Esse é aquele dia que, pelo menos eu, sinto a necessidade de repensar tudo o que aconteceu durante o ano. Fazer um RETROSPECTIVA 2015 DA MINHA VIDA.
Isso acontece em dois momentos no meu ano, e todos no mês de dezembro: no meu aniversário e no fim do ano, assim nos últimos dias. Mas, nesses últimos dias a vibe é muito mais gostosa pra mim, vai entender, meu aniversário eu sempre tô meio mal, como eu já disse uns posts atrás. Mas, eu vim aqui recapitular 2015 com vocês, o meu 2015, na verdade, e vou começar por uma coisa além dos acontecimentos propriamente ditos, eu mudei a maneira com que eu vejo as coisas. UAU! E como isso muda o mundo ao redor. Calma, vou explicar. Eu ainda sou meio reclamona, mas eu estou me policiando muito mais para ver e transmitir as coisas de forma positiva, sabe. O mundo já está muito cheio de vibe negativa, e a minha vida é mínima pra ficar recebendo a carga pesada do mundo inteiro, então, primeira coisa: comecei a prestar atenção e a filtrar as coisas ruins qu…

Eu li: O presente - Cecilia Ahern

Li na semana de Natal esse livro que também se passa nessa semana do ano
Conta história dentro de uma história, a história que vai te dar uma lição da finitude do tempo, para nós pelo menos, e as coisas que nós damos valor ao longo do nosso tempo com as pessoas que amamos.
A vida de Lou o protagonista desta anedota é a vida de um workaholic, que mal conhece a família e tem o prazer de viver em seu trabalho, até que um dia ele é perturbado pela presença de um morador de rua que está ali engraxando seus sapatos, aquele homem que sempre esteve ali chama sua atenção e dai para frente seu comportamento muda, o que traz para a sua rotina maluca de trabalho uns toques de semancól.
A história é triste, Lou a princípio é intragável.
Um livro 3 estrelas, eu esperava uma histórinha mais felz, pois eu só sinto alegria nessa época do ano, e esse livro me deixou meio down, mas cumpriu seu propósito e me fez pensar em como devemos viver as coisas aqui na terra e em como devemos passar os momentos vivend…

O que eu achei de: The Lizzie Bennet diaries

Baseado no livro Orgulho e Preconceito, Os diários de Lizzie Bennet, é uma adaptação da história do clássico ao formato de vlog que pode ser encontrado no Youtube sendo pesquisado pelo nome da série, The Lizzie Bennet Diaries.
Nunca tive contato com a obra original, nem pelo livro, apesar de te-lo e nem pelos filmes e séries, que apesar de adaptações tentam retratar o livro. 
Mas, sei da história por ser tão falada, meio que já sabia do contexto geral.
E eu amei a série, com pequenos episódios, doses de humor e drama, os diários de Lizzie Bennet são apaixonantes, e vou dizer você não vai querer parar de assistir e sim, eu estou cada vez mais curiosa de pegar o livro para ler, e com certeza ele pulou vários lugares na minha lista de leituras e está nos meus planos para o primeiro trimestre de leitura. 
Me identificar e me apaixonar por Darcy junto com Lizzie foi mágico e além de ter me dado vontade de ler Orgulho e preconceito tem me dado muita vontade de ler os outros livros de JANE AUSTE…

O que você pensa sobre o Natal?

Não sei qual a sua relação com o Natal, a minha não poderia ser melhor. A data litúrgica que por muitas vezes é substituída pela data apenas festiva, presenteavel e consumidora. Não vou ser hipócrita, a maioria das minhas memórias afetivas relacionadas a essa data estão intimamente ligadas a comida, dos presentes, a família reunida. Não me lembro de acreditar em Papai Noel. Mas sempre gostei - gosto - da representação do "bom velhinho". Por ser de família católica, e estudar em colégio religioso na minha infância, sempre soube e tive em mente o verdadeiro sentido do Natal: o nascimento de Jesus Cristo. Sempre me fascinou pensar que Deus estivesse em sua plenitude ali, naquele bebê. E que aquele bebezinho seria, o Salvador, o Meu. Aquele bebê veio passar A MENSAGEM. Veio SER entre nós, e por causa de nossos pecados teve que morrer por nós. Mas, isso é assunto para outro momento litúrgico. No Natal desde sempre senti que a esperança nasce, que a alegria que sentimos com o nasciment…

As minhas 5 séries preferidas

Olá pessoal vim aqui pra compartilhar com vocês minhas séries favoritas da vida, atualmente, mas sempre estarei aberta a mudanças.
Friends
Simplesmente porque sempre será, outra não há, então. Primeirissimo lugar, Friends tem um humor ácido, crítico e bobo na medida certa. Piadas que as vezes você tem que está prestando muita atenção para poder entender. Fora os romances que são uma delícia de acompanhar, difícil encontrar em outra série que tenha um grupo de personagens que seja tão cativante quanto o dessa série. Amor da vida <3
How I met your Mother
Muito parecida com Friends em vários aspectos, e muito criticada por esse mesmo motivo. How I met your Mother tem a premissa de, como esclarece o nome da série, um cara está contando aos seus filhos como ele conheceu a mãe deles. E mostra as histórias de um grupo de 5 amigos, e em 8 temporadas a história é contada e eu aviso a todos os que se interessarem por assistir essa série, sim, ele só conta a parte da sua esposa, no final da oitav…

Documentando a transição capilar #6 - Comentários

Desde que eu decidi começar a minha transição era sempre um dos assuntos que eu falava. Recebi comentários vários, a maioria positivos para minha surpresa. Dizendo que eu ficaria linda de qualquer jeito, que eu ficaria mais bonita.... Mas, alguns comentários foram meio ácidos, principalmente, dizendo que eu não iria aguentar, porque "agora a situação ainda está controlável, mas depois com certeza eu vou alisar". Me perguntaram se era verdade que eu ia voltar a ter "cabelo duro". São comentários como esse que me fazem querer mais ainda. Mas, eu já avisei, para os que gostaram da ideia que eu vou querer/precisar de apoio de quem gostou da ideia depois, pois a situação ficara cada vez mais estranha ao longo do tempo. Por enquanto, com 4 meses de crescimento, sei que está fácil - pero no mucho, está bem rebelde esse moço. Mas, não consigo mais sair de casa com o cabelo solto, e sinceramente, sinto falta pois sempre andei muuuito com o cabelo solto, mas está dando pra fazer …

Meu emagrecimento - Peso estagnado

Olá pessoal, hoje estou aqui para comentar com vocês um problema que todos nós, que estamos passando pelo processo de emagrecimento sofremos: A ESTAGNAÇÃO DE PESO!! (Pessoas não passam por isso? AIMEUDEUS, sou só eu?) Há dois meses, aproximadamente, eu estagnei na marca dos 70kg, não anda e nem desanda, me impediu de chegar ao meu objetivo desse ano, que seria chegar aos 65kg. No entanto, eu não me sinto nem um pouco frustrada. Mas, vamos combinar que isso desanima, não é? Tenho tido, de novo, crises de ansiedade por causa disso, o que acaba agravando ainda mais o problema por eu descontar na comida. Então o ciclo vicioso se completa, eu não emagreço porque como e como porque não emagreço. Além de estar complicado ir na academia nos últimos tempos. O cansaço tem me vencido, e claro tenho outras milhões de coisas para fazer, e como minha vida profissional é sedentária, porque sim os meus estudos são meu trabalho e dão muito trabalho. Ele tem sido minha prioridade. Conto para vocês mais par…

Eu li: O grande gatsby

Terminei de ler hoje o e-book O grande Gatsby de F. Scott Fitzgerald. Publicado pela primeira vez na década de 1920, a obra está em segundo lugar na lista de 100 melhores romances do século XX da Modern Library. O que já nos traz uma expectativa muito grande. Nick é o nosso narrador, morador de uma casa simples rodeada de mansões  na área de Long Island, acaba por tornar-se grande amigo de um de seus vizinhos, Jay Gatsby, um bilionário que sempre dava grandes festas, mas que pouco se mostrava com a aproximação com Nick Gastby acaba por se aproximar de Daisy, prima de Nick, a qual descobrimos ser seu grande amor do passado, amor que não pode ser consumado por causa da diferença de classes entre Daisy e ele. Jay Gatsby é um homem muito misterioso, durante todo o livro acontecem suposições de como ele teria se tornado tão rico, rodeado de muitas pessoas interesseiras, sendo apenas Nick o seu único amigo, solitário e apaixonado por Daisy, ele se torna um personagem cada vez mais apaixonante …

Vocacionada ao casamento. Como eu descobri?

Bom, na verdade, ainda tenho algumas dúvidas, mas na, minha vida, nada que eu faça ganha 100% da minha certeza, faço as coisas sempre com um pé atrás de que vai dar tudo errado. Sempre quis saber qual era a minha vocação, antes eu queria saber meus talentos a fim de encontrar a profissão com a qual eu me daria melhor. Depois em que eu já tinha decidido isso - mais ou menos - como eu já contei aqui várias vezes, voltei a ter uma espiritualidade muito mais ligada com minha relação com Jesus e com a Igreja Católica, precisava encontrar a minha vocação de vida, considerando que essa seria a mais importante, seria o caminho pelo qual eu guiaria toda a minha vida. Não sabia o que fazer, apesar de eu sempre ter querido casar e tal, sempre achei que eu ficava solteirona para que caísse a ficha que isso não é a minha verdadeira missão, que seria na verdade a missão ou a ordem. Mas, vendo um vídeo da Marcela do Canal Caritas in Veritate, ela disse que vocação seria aquilo que te faz bem que te f…

A minha dificuldade de estabelecer e cumprir metas

Olá pessoas, hoje vim compartilhar com vocês um problema que eu tenho e que eu gostaria de, se caso você compartilhe dessa falha, saber como outras pessoas lidam com isso.
EU NÃO SEI ESTABELECER METAS
muito menos cumpri-las.
Bom a uns bons 2 anos que luto para me tornar uma pessoa mais organizada, que saiba planejar e realizar as metas, realizar sonhos.
Mas, antes de toda aquela trabalheira de fazer cada dia um pouco mais para que no final esse GRANDE SONHO se realize, eu tenho uma dificuldade.
Não sei o que planejar. Antes eu tinha dificuldade para planos de médio e longo prazo, mas agora, até mesmo metas para o ano que vem está complicado.
Não que eu queira planejar as coisas que eu quero fazer o ano todo, não é isso, mas para realizar grandes coisas, preciso dar pequenos passos por um tempo. Mas, para mim a dificuldade é encontrar coisas que eu queira e que dependam de mim.
Sempre depende de outra pessoa e isso sempre me tira do sério, porque me desanima TOTAL de planejar algo.
Meu futuro,…

Documentando a transição capilar #5 - Registro de 4 meses de crescimento

Imagem
Olá pessoal, dessa vez demorei mas vim fazer mais uma doc. da Transição capilar dessa mocinha que vos fala. Esse post é muito mais pra mim do que para outras pessoas. Para ter um controle do desenvolvimento, que sinceramente na minha opinião é BEM lento. Lembrando que o ultimo retoque foi feito dia 1/08 ou seja tem 120 dias de crescimento.  E minha raiz se.encontra assim.


Então quando completar 150 dias eu volto aqui =)